O que achamos do filme: Hellboy (2019) - Desmorto

Desmorto

Diversão para vivos e não vivos

Post Top Ad

Responsive Ads Here

29 janeiro 2020

O que achamos do filme: Hellboy (2019)



No começo do filme, mesmo vendo algum efeito especial não tão bom ou um dialogo meia boca, estava gostando do filme e não entendia porque a critica especializada não tinha gostado do filme. É claro que para gostar do filme, eu interpretei que Hellboy (2019) estava tentando ser um filme no estilo trash, ou seja, os defeitos do filme seriam o seu charme.

Infelizmente eu estava enganado. Mesmo divertindo no começo e dando grandes sorrisos e vibrando com cenas altamente violentas e cheias de sangue, percebi que o filme (em principal depois da parte dos gigantes), deu um passo enorme para traz na questão da história e efeitos.

Hellboy e seus novos parceiros

O filme que estava empolgante e divertido de ver, ficou bastante chato ao introduzirem dois personagens praticamente sem nenhum background. É claro que durante o filme isso é feito, mas é feito de uma maneira tão desconexa do filme, por meio de um tipo de flashback, que chegou a incomodar.

E isso é só uma parte do problema, a história em si não faz sentido. Hora monstros atacam o Hellboy, hora eles simplesmente vão embora só de ver ele. Fora diversas outras coisas, como a irritante ligação com o Rei Arthur (até achei legalzinho em algum momento, mas aquela parte sobre quem apenas pode empunhar a Excalibur, me deixou bem decepcionado).

A vilã do filme
Outro ponto que me incomodou é que o filme começou a ficar muito idiota. Entenda, eu espero que um filme trash seja idiota, mas há um limite. A história se perdeu totalmente, a luta final parecia um chefe de fase que antecede o chefe final, mas ai descobrimos que era só isso mesmo. As cenas mais interessantes que apareceram no trailer, com aqueles demônio gigantes arrasando a cidade, não tem nenhum sentido. Se essa cena por exemplo fosse totalmente cortada, não faria diferença para a narrativa.

Por fim o filme dá um sensação de "o que fizeram com esse Hellboy!?", não tanto pelo personagem, mas por toda a mitologia atrás do personagem, os seus parceiros, a organização que ele faz parte, etc.

Baba Yaga

Os dois filmes anteriores com a assinatura de Guillermo del Toro me agradaram muito mais que essa nova releitura. Há uma parte onde temos a Baba Yaga (bicho papão), a qual após todo o desenrolar da cena me fez pensar: "é..., acho que John Wick dá mais medo".

Conclusão, o filme está abaixo dos dois primeiros em tudo. Em uma nota de 1 a 5 eu daria 3, ou seja, o filme é bem mediano, vale a pena ver caso não tenha nada melhor pra fazer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado

Leia também

Post Top Ad

Responsive Ads Here