Conhecendo um pouco o filme russo: Coma (2019) - Desmorto

Desmorto

Diversão para vivos e não vivos

Post Top Ad

Responsive Ads Here

09 julho 2020

Conhecendo um pouco o filme russo: Coma (2019)


Mais um pequeno review despretensioso daquele que lhes fala. Dessa vez falando desse filme que nem sabia que existia e acabou caindo no meu colo para assistir. Estou falando do filme Coma (Koma, no original).


Com uma mistura visual de filmes como Inception e Doutor Estranho da Marvel, somos apresentados a um arquiteto que sofreu um acidente e está em coma. Estando nesse estado de coma, ele fica em um mundo contorcido de lembranças com outras pessoas que também estão em coma e deve lutar contra criatura negras que querem desintegrar qualquer coisa real.

A premissa do filme não é nova para mim, na verdade por me ser familiar que acabei por fim assistindo o filme. Foi em um minissérie em quadrinhos do Batman, também intitulado Coma,  a qual coloca justamente o homem morcego em um mundo paralelo quando ele se machuca seriamente e acaba ficando em coma.


Mas voltemos ao filme. Esse é um grande exemplo que me faz pensar em como a globalização traz coisas boas. Um filme com um visual tão bom e cheio de efeitos especiais (que não são toscos) geralmente se limita a produções dos Estados Unidos. Mas Coma consegue ser um filme muito bonito e extremamente agradável de assistir na parte visual. Sem queles momentos escuros chatos para esconder os efeitos especiais (oi, Snyder), temos um filme colorido e extremamente rico que enche os olhos.


Mas se o visual é bom, o roteiro deve ser ruim. Bom, não sou cineasta ou roteirista, então minha métrica para definir se um filme, ou no caso o roteiro, é bom ou não é se ele me agradou e me segurou para ver até o final. E Coma é esse caso.

É claro que o filme não foge do manjadíssimo "Jornada do Herói", mas ao meu ver ele consegue fazer de uma maneira decente. Não estou dizendo que o filme é a melhor coisa que vi, mas digo com certeza que valeu muito a pena assistir e recomendo fortemente a você que assista, principalmente se gosta de ficção científica e fantasia.


Minha esposa que odeia filmes com monstros conseguiu assistir esse filme de boa. Pois felizmente o filme não usa "jump scare" ou artifícios do tipo. Nem consigo me lembrar se há sangue no filme (com exceção de uns pequenos machucados), mesmo havendo mortes durante a trama, as mesmas são feitas de uma maneira que não causa banhos de sangue.

Por fim, o desfecho. O filme dá algumas pistas do que está acontecendo mas não torna o final totalmente previsível, o que é um grande feito, pois adivinhar o fim antes do tempo é algo que considero um ponto fraco.

Bom é isso, filme super recomendado.

Tags:

2 comentários:

  1. No final do filme, eles tentaram dar um plot twist, mas não ficou muito claro o que eles queriam dar a entender. Ficou meio confuso.

    ResponderExcluir
  2. Particularmente consegui entender o final. Spoiles a frente. No caso acho que no fim o protagonista ficou balançado a realmente voltar naquele mundo de coma justamente porque ele era uma pessoa especial lá, ao contrário da vida real onde agora é mais um arquiteto que faz as coisas padronizadas. A cena que mostra a maquete guardada acho que é justamente para indicar que ele não esqueceu aquele mundo.

    ResponderExcluir

Deixe seu recado

Leia também

Post Top Ad

Responsive Ads Here